Publicado em 03/10/2019 às 00:00

Sefaz inicia processo de exclusão de optantes pelo Simples Nacional com débitos na Dívida Ativa do Estado



A Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz) enviou, inicialmente, no dia 30 de setembro, a notificação de exclusão de 1.667 empresas do Simples Nacional (http://www8.receita.fazenda.gov.br/SimplesNacional/). A lista de processo de exclusão de empresas optantes do Simples, inclusive optantes MEI, que estão com débitos inscritos na Dívida Ativa do Estado da Paraíba, for corrigida pela Sefaz e reenviada.no dia 2 de outubro. As notificações foram enviadas por meio do Domicílio Tributário Eletrônico (DT-e).

O prazo para consultar a notificação será de 45 dias, a partir de sua disponibilização no DTE-SN, sendo a ciência dada, por esta plataforma, é considerada válida para todos os efeitos legais. As notificações das empresas estão disponíveis no DTE-SN. Após tomar ciência do Termo de Exclusão, o contribuinte terá um prazo de 30 dias para a regularização dos débitos indicados na notificação, que podem ser consultados na Repartição Fiscal mais próxima do domicílio da empresa ou na SER virtual no link - https://www.sefaz.pb.gov.br/servirtual/tributos/debitos/debitos-lancados-em-divida-ativa.

Caso a empresa regularize a totalidade dos débitos no prazo, terá a sua exclusão do Simples Nacional automaticamente tornada sem efeito, o que fará com que a empresa permaneça no regime simplificado. Já aquela que não efetuar a regularização dos débitos, no prazo de 30 dias contados da ciência do Termo de Exclusão, será excluída do Simples Nacional, com efeitos a partir do dia 1º de janeiro de 2020.


OUTROS DESTAQUES

Entidades representativas do Fisco firmam acordo histórico em prol da Administração Tributária

LEIA MAIS

Congresso do Fisco debate pautas nacionais

LEIA MAIS

Secretário defende novos incentivos fiscais e compara RN à PB

LEIA MAIS